UMA TRADIÇÃO DE QUALIDADE

November 19, 2010

No meu livro, Uma Tradição de Qualidade – Cinema Clássico Francês, examino a obra dos grandes diretores e os principais filmes do cinema francês clássico (1930-1959), que legou uma herança de excelentes espetáculos populares e realizações duradouras para a cultura cinematográfica.

Em linguagem acessível, faço um resumo da situação da indústria de cinema francesa até os primeiros tempos do cinema sonoro e abordo temas como o cinema da Frente Popular, da Ocupação e do pós-guerra até o advento da Nouvelle Vague, destacando a participação de René Clair, Marcel Pagnol, Jacques Feyder, Jean Renoir, Marcel Carné, Julien Duvivier, Henri-Georges Clouzot, Christian-Jaque, Jean Grémillon, Jean Cocteau, Jacques Becker, Robert Bresson entre outros realizadores.

O presente trabalho é também uma obra de referência com sinopses e fichas técnicas complementadas por comentários de 150 filmes, contendo ainda 36 fotos de algumas realizações importantes do período.

O livro pode ser encontrado principalmente na Livraria Carga Nobre na PUC-Rio e na Contraponto Editora  (site: www.contrapontoeditora.com.br).

2 Responses to “UMA TRADIÇÃO DE QUALIDADE”

  1. Não posso deixar de aproveitar a oportunidade para recomendar “Uma Tradição de Qualidade” a todos os que se interessam por cinema clássico. Meu amigo Gomes de Mattos tem conseguido uma autêntica proeza no Brasil: publicar uma série de livros que fornecem uma autêntica radiografia do cinema de outros tempos, conciliando rigor de pesquisa, riqueza e exatidão de informação e uma linguagem clara e direta. Me alegro particularmente em ver sua prodigiosa capacidade direcionada ao maltratado cinema francês da época de ouro, há muito merecedor de uma análise detalhada como esta. Além de tudo, ainda conta com um belo prefácio do mestre Fernando Ferreira. Bravo!

  2. Foi graças a você, Sergio, emprestando-me filmes do seu fabuloso acervo e trocando idéias comigo a respeito de alguns temas abordados no livro, que conseguí terminar esse estudo sobre o Cinema Clássico Francês. Tenho acompanhado o seu site, acertaincinema.com, deslumbrando-me com as fotos raras, seus verbetes sempre muito bem escritos sobre personalidades do cinema mundial e as informações de primeira mão sobre acontecimentos cinematográficos tal como, por exemplo, o Festival de Podernone.

Leave a Reply