LATINOS NO CINEMA AMERICANO CLÁSSICO III

April 17, 2015
Rita Moreno

Rita Moreno

RITA MORENO (1931- ). Local de nascimento: Humacao, Porto Rico. Nome verdadeiro: Rosa Dolores Averío. Filha de uma costureira e de um fazendeiro, foi criada perto de Juncos. Quando tinha cinco anos de idade, seus pais se divorciaram e sua mãe levou-a para Nova York. Reconhecendo o talento artístico da filha, matriculou-a em um curso de dança. Aos sete anos, a menina já estava se apresentando profissionalmente em clubes locais. Com treze anos, estreou na Broadway como Angelina em “Skydrift”. Ao completar quinze anos, abandonou sua educação formal, e foi trabalhar como cantor e dançarina no “Spanish Harlem” ou em qualquer outro lugar que lhe oferecessem.

Debbie Reynolds, Gene Kelly, Jean Hagen e Rota Moreno em Cantando na Chuva

Debbie Reynolds, Gene Kelly, Jean Hagen e Rota Moreno em Cantando na Chuva

Em 1950, Rita estreou no cinema, com o nome artístico de Rosita Moreno, em um filme da Danziger Productions, Depravadas / So Young So Bad, protagonizado por Paul Henreid, cuja ação se passava em uma escola de jovens delinquentes. Contratada pela MGM, passou a ser creditada como Rita Moreno nos seus primeiros filmes na companhia, Quando eu te Amei / The Toast of New Orleans / 1950, estrelado por Mario Lanza e Kathryn Grayson e Amor Pagão / Pagan Love / 1950 com Esther Williams e Howard Keel. Em 1952, entrou no elenco de Cantando na Chuva / Singin’in the Rain em uma posição de certo destaque como Zelda Zander; mas depois seu contrato expirou e ela foi trabalhar em filmes mais modestos de outras companhias, voltando à MGM uma só vez em Meu Amor Brasileiro / Latin Lovers / 1953. A partir de 1954, na Twentieth Century Fox, obteve papéis mais relavantes em Jardim do Pecado / The Garden of Evil / 1954, Duelo de Paixões / Untamed / 1955, Sete Cidades do Ouro / Seven Cities of Gold / 1955, O Tenente Era Ela / The Lieutenant Wore Skirts / 1055 e

Rita Moreno em O Rei e Eu

Rita Moreno em O Rei e Eu

Rita Moreno em Amor. Sublime Amor

Rita Moreno em Amor. Sublime Amor

Rita Moreno e James Garner em Detetive Marlowe em Ação

Rita Moreno e James Garner em Detetive Marlowe em Ação

O Rei e Eu / The King and I / 1956, no qual marcou sua presença como Tuptim. Entretanto, o auge de sua arte foi atingido quando interpretou Anita no musical estupendo de Robert Wise, Amor, Sublime Amor / West Side Story / 1961. Rita encantou a todos com sua exuberância e excelentes qualidades como dançarina e conquistou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Após este grande sucesso, sua carreira prosseguiu com alguns filmes interessantes (vg. O Anjo de Pedra / Summer and Smoke / 1961, A Última Batalha / Cry of Battle / 1963, A Noite do Dia Seguinte / The Nigh of the Following Day / 1969, Detetive Marlowe em Ação / Marlowe / 1969, Ânsia de Amar / Carnal Knowledge / 1971) porém, desse período até os dias de hoje, dedicou-se mais à televisão, ao teatro, e às gravações, ganhando, além do Oscar de 1961, os prêmios Emmy, Grammy e Tony, distinção que a consagrou como uma grande artista.

Rosita Moreno

Rosita Moreno

ROSITA MORENO (1907-1993). Local de nascimento: Madrid, Espanha. Nome verdadeiro: Gabriela Carmen Victoria Viñolas Moreno. Filha do ator espanhol Francisco (Paco) Moreno, desde criança atuou em espetáculos de revistas e zarzuelas, começando sua carreira cinematográfica em Hollywood, ao lado do pai, no filme Amor Audaz / Amor Audaz, v.esp. de Slightly Scarlet / 1930. Depois de fazer um short, Moonlight and Romance / 1930 com o tenor-ator Nino Martini, Rosita participou de várias versões em espanhol de filmes americanos (vg. Paramount em Grande Gala / Galas de la Paramount, v.esp. de Paramount on Parade / 1930; O Deus do Mar / El Dios de lo Mar, v.esp. de The Sea God / 1930; O Último Varão sobre a Terra / El Ultimo Varon sobre la Tierra, v.esp. de It’s Great to Be Alive / 1933; Não Deixes a Porta Aberta / No Dejes la Puerta Abierta, v. esp. de Pleasure Cruise / 1933) e filmes da Fox originariamente falados em espanhol

latinos III Rosita moreno posterII

Rosita Moreno e Carlos Gardel em Tango Bar

Rosita Moreno e Carlos Gardel em Tango Bar

latinos III Rosita Moreno poster Iv melhor(vg. Gente Alegre / Gente Alegre / 1931; El Principe Gondolero / 1931; O Eterno Triângulo / Yo, Tú y Ella / 1933; Dois e um DoisDos Más Uno Dos / 1934; O Rei dos Ciganos / El Rey de los Gitanos / 1933; Capitão dos Cossacos / Un Capitán de Cosacos / 1934, As Fronteiras do Amor / Las Fronteras del Amor / 1934; todos com Jose Mojica). Rosita atuou também com Carlos Gardel e Raul Roulien: O Dia que me Queiras / 1935 e Tango Bar / 1935 com Gardel; Piernas de Seda / 1935 e Te Quiero con Locura / 1935 com Roulien. Entre seus outros filmes destacam-se: El Hombre que Asesinó / 1932, v. esp. de Stamboul / realizado na Paramount British; The Scoundrel, estrelado por Noel Coward; e El Canillita y la Dama / 1939 com Luis Sandrini na Argentina.

Movita

Movita

MOVITA (1916-2015). Local de nascimento: Nogales, Arizona, EUA. Nome verdadeiro: Maria Luisa Castaneda. Nasceu em um trem enquanto cruzava a fronteira do México como o Estado do Arizona e iniciou sua carreira no cinema cantando (sem ser creditada) “The Carioca” em Voando para o Rio / / Flying Down to Rio / 1933. Ela continuou seu trajeto cinematográfico interpretando nativas dos Mares do Sul como Tehani em O Grande Motim / Mutiny on the Bounty / 1935 e Arai em O Furacão / The Hurricane / 1937; aparecendo em dois westerns de John Ford – como cozinheira do Coronel Owen Thursday (Henry Fonda) em Sangue de Heróis / Fort Apache / 1948 e como índia Navajo em Caravana de Bravos / Wagon Master / 1950;

Movita e Clark Gable em O Grande Motim

Movita e Clark Gable em O Grande Motim

Jon Hall e Movita em O Furacão

Jon Hall e Movita em O Furacão

estrelou dois filmes com John Carroll (Rosa do Rio Grande / Rose of the Rio Grande / 1938 e O Uivar do Lobo / 1939 e dois com Tim Holt ( Renegados do Oeste / The Mysterious Desperado / 1949 e Ginete Audacioso / Saddle Legion / 1951; trabalhou em uma produção britânica, Tower of Terror / 1941 e interveio em um western de Anthony Mann, Almas em Fúria / The Furies / 1950. Movita foi casada com Marlon Brando, com quem teve dois filhos.

Barry Norton

Barry Norton

BARRY NORTON (1905-1956). Local de nascimento: Buenos Aires, Argentina. Nome verdadeiro: Alfred C. Birabén. Graças à posição econômica privilegiada de seus pais, recebeu uma boa educação e realizou diversas viagens, nas quais conheceu outros países. Em 1923, foi para Nova York, a fim de assistir a luta pelo título máximo dos pesos pesados entre Jack Dempsey e Luis Ángel Firpo. Deslumbrado pelo país, obteve permissão de seus pais para ficar nessa cidade e, com a finalidade de não depender totalmente da ajuda paterna, trabalhou em grandes hotéis, aproveitando seus conhecimento de idiomas. Depois, viajou para Los Angeles, onde um emprego obtido no Hotel Ambassador permitiu que ele conhecesse a atriz Pola Negri, que conseguiu empregá-lo na United Artists, para trabalhar com Douglas Fairbanks. Embora realizando tarefas administrativas, este novo emprego o aproximou mais do cinema. Em 1926, depois de ter aparecido como extra em O Pirata Negro / The Black Pirate, Norton foi contratado pela Fox e, a partir daí, expandiu uma longa carreira, chegando a participar em cerca de 180 filmes, fazendo, na maioria deles, breves aparições, sem ser creditado (vg. o assassino de Rasputin em A Dança Rubra / The Red Dance / 1928, o jovem tenente no pelotão de fuzilamento em Desonrada / Dishonored / 1931).

Janet Gaynor, Nancy Drexel, Charles Morton e Barry Norton em Os 4 Diabos

Janet Gaynor, Nancy Drexel, Charles Morton e Barry Norton em Os 4 Diabos

Barry Norton e Lupita Tovar na versão espanhola de Dracula

Barry Norton e Lupita Tovar na versão espanhola de Dracula

No cinema silencioso, destacam-se suas atuações como o soldado Kenneth “Mother’s Boy” Lewisohn em Sangue por Glória / What Price Glory / 1926 de Raoul Walsh; Byron Dashwood em A Legião dos Condenados / Legion of the Condemned / 1928 de William Wellman; e Adolf em Os Quatro Diabos / The 4 Devils / 1928 de F. W. Murnau. No cinema sonoro, entre os filmes nos quais recebeu crédito, podem ser lembrados suas atuações como: mestre de cerimônias (como ele mesmo) em Paramount em Grande Gala / Galas de la Paramount / 1930, v. esp. de Paramount on Parade; Adolf Mahler em Corpo de Delito / El Cuerpo de Delicto / 1930, v. esp. de The Benson Murder Case; Juan Harker na v.esp. (não exibida no Brasil) de Drácula / Dracula / 1931; Jacques Girard em A Marcha dos Séculos / The World Moves On / 1934 de John Ford e Diaz em Tempestade sobre os Andes / Storm Over the Andes / 1935. Os espectadores o viram na tela pela última vez em Hienas do Pano Verde / Mister Cory / 1957, mais uma vez anônimo, como um dos frequentadores de uma boate.

Carlos Ramirez

Carlos Ramirez

CARLOS RAMIREZ (1916- ). Local de nascimento: Tocaima, Colombia. Nome verdadeiro: Carlos Julio Ramirez. Desde muito cedo Carlos começou a cantar, em troca de algumas moedas, nos navios que navegavam pelo Rio Magdalena. Em um desses navios, conheceu o político Laureano Gomez que, surpreso com a bonita voz do rapaz, ofereceu-se para levá-lo a Bogotá e pagar seus estudos musicais sob a orientação do professor Emilio Murillo. Gomez, que mais tarde se tornou presidente da Colômbia, matriculou o jovem no famoso Colégio Salesiano, porém o pai de Carlos, um liberal fervoroso, ao saber que o filho estava sendo patrocinado por um conservador, tirou-o da escola. Apesar disso, Carlos continuou a viver em Bogotá com sua irmã Alcira, que também era uma excelente cantora, e custeou os estudos do irmão com o professor Murillo. Em 1928, Carlos estreou na Radio de La Victor, uma das principais emissoras de rádio da Colômbia, onde conheceu o maestro Efrain Orosko, que o convidou para integrar sua orquestra como cantor em uma longa turnê sulamericana.

Esther Williams e Carlos Ramirez em Escola de Sereias

Esther Williams e Carlos Ramirez em Escola de Sereias

latinos III Carlos ramirez easy to wed

Em Buenos Aires, Carlos teve oportunidade de conhecer e cantar com o maestro Andre Kostelanetz e sua esposa, a então famosa soprano Lily Pons. Em 1943, quando se apresentava no Hotel Waldorf-Astoria de Nova York, o barítono colombiano foi contratado pela MGM, onde fez: Duas Garotas e um Marujo / Two Girls and a Sailor / 1944, Escola de Sereias / Bathing Beauties / 1944, Marujos do Amor / Anchors Aweigh / 1946, Quem Manda é o Amor / Easy to Wed / 1946.Entre seus compromissos com “A Marca do Leão”, Ramirez participou de uns shorts; apareceu em Fantasia de Amor / Where Do We Go From Here? / 1945; e cantou ”Beguin the Beguine”, de Cole Porter, na cinebiografia deste, Canção Inesquecível / Night and Day / 1946, produzida pela Warner Bros. Em 1953, ele dublou Ricardo Montalban em Meu Amor Brasileiro / Latin Lovers e, em 1955, durante mais uma vinda ao Brasil, apresentou-se com muito sucesso na boate Night and Day no espetáculo “A Grande Revista” e na Rádio e TV Tupi.

Duncan Renaldo

Duncan Renaldo

DUNCAN RENALDO (1904-1980). Local do nascimento: Oancea, Galati, Romênia. Nome verdadeiro: Renault Renaldo Duncan. Como orfão, ele não conheceu seus pais verdadeiros, e nem sabia a data exata e o lugar de seu nascimento. Foi educado em vários países da Europa e chegou aos Estados Unidos no início dos anos vinte como foguista de um navio brasileiro que transportava carvão. Entrando no país durante uma permissão de 90 dias, Duncan ali permaneceu, quando seu navio pegou fogo no porto. Sem conseguir ganhar a vida como retratista, ele tentou o cinema e , depois de fazer três filmes para Tiffany-Stahl (A Mulher Corsária / The Devil’s Skipper /1928, A Filha do Czar / Clothes Make the Women / 1928, A Bela Duquesa / The Naughty Duchess / 1928), entrou para MGM, onde trabalhou em pelo menos dois filmes importantes, A Ponte de San Luis Rey / The Bridge of San Luis Rey / 1929 e Trader Horn / Trader Horn / 1931.

Edwina Booth, Duncan Renaldo e Harry Carey em Trader Horn

Edwina Booth, Duncan Renaldo e Harry Carey em Trader Horn

A carreira de Renaldo foi interrompida, devido à sua situação ilegal como imigrante, mas Eleanor Roosevelt havia comprado um dos seus quadros e persuadiu o Presidente a perdoá-lo. Renaldo voltou às telas, principalmente, na série Three Mesquiteers, formando o trio com Robert Livingston e Raymond Hatton em 7 filmes: Terrores de Kansas / The Kansas Terror / 1939, Cowboys do Texas / Cowboys from Texas / 1939, Heróis do Sertão / Heroes of the Saddle / 1940, Pioneiros do Oeste / Pioneers of the West / 1940, A Mina Misteriosa / Covered Wagon Days / 1940, Cavaleiros das Montanhas Rochosas / Rocky Mountain Rangers / 1940, Os Renegados de Oklahoma / Oklahoma Renegades / 1940; trabalhou em vários seriados:

Duncan Renaldo, Ray Corrigan e  em O Aliado Misterioso

Duncan Renaldo, Robert Livingston e Raymond Hatton em Cowboys do Texas.

latinos III DuncanRenaldo poster

Allan Lane, Duncan Renaldo e Linda Stirling em A Mulher Tigre

Allan Lane, Duncan Renaldo e Linda Stirling em A Mulher Tigre

O Aliado Misterioso / The Painted Stallion / 1937, A Ameaça das Selvas / Jungle Menace /1937, A Volta do Zorro / Zorro Rides Again / 1937, A Volta do Cavaleiro Solitário / The Lone Ranger Rides Again / 1939, Contra a Quinta Coluna / King of the Texas Rangers / 1941, A Adaga de Salomão / Secret Service in Darkest Africa / 1943, A Mulher Tigre / The Tiger Woman / 1944; e encarnou Cisco Kid na série da Monogram (A Volta de Cisco Kid / Cisco Kid Returns / 1945, O Cavaleiro DestemidoThe Cisco Kid in Old New Mexico / 1945, A Canção da Fronteira / South of the Rio Grande / 1949) e na série da Inter-American Productions (The Gay Amigo / 1949, The Daring Caballero / 1949, Satan’s Cradle / 1949 e The Girl from Lorenzo / 1950).

Gilbert Roland

Gilbert Roland

GILBERT ROLAND (1905-1944). Local de nascimento: Ciudad Juárez, Chihauha, México. Nome verdadeiro: Luis Antonio Dámaso de Alonso. Em 1910, durante a Revolução Mexicana, sua família atravessou o Rio Grande e se instalou na cidade Americana de El Paso. Roland inicialmente queria ser toureiro mas se interessou por cinema ao participar como extra em O Corcunda de Notre Dame / The Hunchback of Notre Dame / 1923. Seu nome artístico foi escolhido como uma homenagem a John Gilbert e Ruth Roland. Após alguns pequenos papéis, fez, em primeiro plano, A Dama das Camélias / Camille / 1926, A Mulher em Leilão / The Love Mart / 1927 com Billie Dove, Mulher Cobiçada / The Dove / 1928 e Noites de Nova York / Nights of New York / 1929 ao lado de Norma Talmadge, com quem teve um romance. No cinema sonoro, atuou como ator principal com Clara Bow em Sangue Vermelho / Call Her Savage / 1932 e com Constance Bennett (com quem se casou) em A Espiã Russa / After Tonight /1933,

GIlbert Roland e Norma Talmadge em A Dama das Camélias

GIlbert Roland e Norma Talmadge em A Dama das Camélias

Billie Dove e Gilbert Roland em Mulher Cobiçada

Billie Dove e Gilbert Roland em Mulher Cobiçada

Gilbert Roland e Constance Bennett em A Espiã Russa

Gilbert Roland e Constance Bennett em A Espiã Russa

estrelou versões em espanhol de sucessos originariamente filmados com elenco americano (vg. Resurrección / 1931 v. esp. de Resurrection; Hombres En Su Vida / 1931, v. esp. de Men in Her Life, ambos com Lupe Velez) e depois passou a ser quase sempre um coadjuvante, porém marcando sua presença em todo filme em que apareceu.

Errol Flynn e Gilbert Roland em O Gavião do Mar

Errol Flynn e Gilbert Roland em O Gavião do Mar

Jennifer Jones, John Garfield e Gilbert Roland em Resgate de Sangue

Jennifer Jones, John Garfield e Gilbert Roland em Resgate de Sangue

KIrk Douglas e Gilbert Roland em Assim Estava Escrito

KIrk Douglas e Gilbert Roland em Assim Estava Escrito

latinos III Gilbert Roland poster

Por exemplo, como Coronel Miguel Lopez em Juarez / Juarez / 1939, Capitão Lopez em O Gavião do Mar / The Sea Hawk / 1940, Guillermo Montilla em Resgate de Sangue / We Were Strangers / 1949, Don Pedro Garcia em A Marca do Renegado / Mark of the Renegade / 1951, Manolo Estrada em Paixão de Toureiro / The Bullfighter and the Lady / 1951, Victor “Gaucho” Ribero em Assim Estava Escrito / The Bad and the Beautiful / 1952 e Teche Bossier em Borrasca / Thunder Bay / 1953. Roland interpretou Cisco Kid em seis filmes da série Cisco Kid, produzida pela Monogram: Bandido do Deserto / South of Monterey / 1945, Justiceiro Romântico / The Gay Cavalier / 1946, O Bandido e a Dama / Beauty and the Bandit / 1946, Robin Hood de Monterey / Robin Hood of Monterey / 1947, O Rei dos Bandidos / King of the Bandits / 1947 e Povoado Violento / Riding the California Trail / 1947. Nos anos sessenta, ele trabalhou na Europa em westerns spaghetti e encerrou sua carreira em Barbarrosa / Barbarosa / 1982 ao lado do cantor country Willie Nelson.

Cesar Romero

Cesar Romero

CESAR ROMERO (1907-1994). Local de nascimento: Nova York, NY, EUA. Nome verdadeiro: Cesar Julio Romero Jr. Seu pai era um importador-exportador, de origem italiana, de máquinas de refino de acúcar e sua mãe uma cantora cubana de concerto. Abalada pela Crise de 1929, a família mudou-se para a Costa Oeste Americana, onde Romero apresentou-se como dançarino profissional e depois iniciou sua carreira cinematográfica, geralmente interpretando papéis de coadjuvante (vg. Chris em A Ceia dos Acusados / The Thin Man / 1933, Mir Jaffar em A Conquista de um Império / Clive of India / 1935, Andre de Pons em Cardeal Richelieu / Cardinal Richelieu / 1935, Antonio Galvan em Mulher Satânica / Devil is a Woman / 1935, Niki Baroni em Metropolitan / Metropolitan / 1935). Na 20th Century-Fox, ele chamou mais atenção como Khoda Khan em A Queridinha do Vovô / We Willie Winkie / 1937 ao lado de Shirley Temple; Aconteceu em Havana / Week- End in Havana / 1941 com Alice Faye; e Minha Secretária Brasileira / Springtime in the Rockies / 1942 com Betty Grable.

Cesar Romero e Marlene Dietrich em Mulher Satânica

Cesar Romero e Marlene Dietrich em Mulher Satânica

Cesa Romero e Shirley Temple em  A Queridinha do Vovô

Cesa Romero e Shirley Temple em A Queridinha do Vovô

Carmen Miranda e Cesar Romero em Minha Secret aria Besileira

Carmen Miranda e Cesar Romero em Minha Secret
aria Besileira

Romero foi Doc Holliday em A Lei da Fronteira / Frontier Marshal / 1939 e herdou o personagem Cisco Kid de Warner Baxter, aparecendo como o personagem de O. Henry em: A Volta de Cisco Kid / The Return of Cisco Kid / 1940, Coração de Bandido / The Cisco Kid and the Lady / 1940, Viva Cisco Kid / Viva Cisco Kid / 1940, Bandoleiro de Sorte / Lucky Cisco Kid /1940, Bandoleiro Jovial  / The Gay Caballero / 1940, Um Audaz Aventureiro / Romance of the Rio Grande / 1941, Balas e Beijos / Ride on Vaquero / 1941.

Cesar Romero em O Capitão de Castela

Cesar Romero em O Capitão de Castel

Cesar Romero em Vera Cruz

Cesar Romero em Vera Cruz

latinos III Cesar Romero poster CiscoSeus dois melhores papéis foram os de Hernando Cortez em O Capitão de Castela / Captain of Castile / 1947, o de Conde Mario em A Condessa se Rende / That Lady in Ermine / 1948 e o de Marquês Henri de Labordere em Vera Cruz / Vera Cruz / 1954, porém, em termos de popularidade, nenhum ultrapassou o Coringa da série de televisão Batman, incluído entre os maiores vilões de todos os tempos pela TV Guide. Cesar Romero esteve no Brasil em outubro de 1946, acompanhado por Tyrone Power, hospedando-se ambos no Copacabana Palace.

Olga San Juan

Olga San Juan

OLGA SAN JUAN (1927-2009). Local de nascimento: Nova York, NY. EUA. Nome verdadeiro: Olga San Juan. Nascida no Brooklyn filha de pais portoriquenhos, quando tinha três anos de idade, sua família foi para Porto Rico, voltando mais tarde para Nova York, desta vez instalando-se no “Spanish Harlem” (bairro habitado predominantemente por latinos). Ainda adolescente, começou a se apresentar em boates como El Morocco e Copacabana e, subsequentemente, com a orquestra do famoso músico de jazz e mambo Tito Puente que, na época, ganhara o título de “O Rei da Música Latina”. Olga ficou mais conhecida cantando no rádio e formou um número de boate muito popular intitulado “Olga San Juan and her Rumba Band”, que eventualmente propiciou a assinatura de um contrato com a Paramount. Ela começou participando de um short musical da série Musical Parade, Caribbean Romance / 1943 e depois estreou no longa-metragem A Favorita dos Deuses / Rainbow Island / 1944, filme passado nos Mares do Sul típico, estrelado por Dorothy Lamour. Em Do Outro Mundo / Out of This World / 1945,

Olga San Juan e Fred Astaire em Romance Inacabado

Olga San Juan e Fred Astaire em Romance Inacabado

Olga entre os astros e estrelas de MIragem Dourada

Olga entre os astros e estrelas de MIragem Dourada

Donald O'Connor e Olga San Juan em Você Está no Brinquedo?

Donald O’Connor e Olga San Juan em Você Está no Brinquedo?

Olga figurou como membro do Glamourette Quartet, quarteto de moças composto por ela, Nancy Porter, Audrey Young e Carol Deere, e em Carnaval de Estrelas / Duffy’s Tavern / 1945 como um modesta componente do elenco de astros e estrelas da Paramount, que apareciam em pequenos esquetes. Em 1944-45, ela fez ainda mais três shorts, Bombalera (no qual foi anunciada como “The Cuban Cyclone”), The Little Witch, e Hollywood Victory Caravan, os dois primeiros, da série Musical Parade, indicados para o Oscar da Academia e o último, realizado para o esforço de guerra. Seguiram-se: seu melhor filme, Romance Inacabado / Blue Skies / 1946 ao lado de Bing Crosby e Fred Astaire, cantando “You’d Be Surprised”, “Heat Wave”, “I’ll See You in C-u-b-a” com muito sabor; Mentirosa / Cross my Heart / 1946 (como uma dançarina, sem ser creditada); Miragem Dourada / Variety Girl / 1947 (outro desfile de astros e estrelas da Paramount), Você Está no Brinquedo? / Are You With It? / 1948, em papel principal com Donald O’Connor; Vênus, a Deusa do Amor / One Touch of Venus / 1948, estrelado por Ava Gardner e Robert Walker; A Condessa de Monte Cristo / The Countess of Monte Cristo / 1948, dividindo o primeiro plano com Sonja Henie; Esta Loura é um Demônio / The Beautiful Blonde from Bashful Bend / 1949, com Betty Grable e Cesar Romero à frente do elenco; A Condessa Descalça / The Barefoot Contessa / 1954, em uma ponta, sem ser creditada; e A 3a Voz / The 3rd Voice / 1960, como uma prostituta. Olga foi casada com Edmond O’Brien.

Leave a Reply